“they” = “he or she”

Em português, quando falamos de uma pessoa desconhecida, usamos o pronome masculino (ou nenhum pronome). Por exemplo, “A escola tem um novo professor. Ele chegará na semana que vem.” Nessas duas frases, não conhecemos o sexo do novo professor, então usamos as formas masculinas; “professor” e “ele”. Muitos anos atrás, isso também era verdade nos […]

Continuar lendo


“raze” ou “raise”

Duas palavras, soletradas de forma diferente, mas pronunciadas exatamente o mesmo. E com significados exatamente OPPOSITOS. Raise – construir ou construir Raze – para derrubar ou demolir Isso é uma das coisas mais estranhas que eu vi em inglês. Quando você lê estas duas palavras, você pode ver que eles são diferentes, mas quando você […]

Continuar lendo


Respostas curtas usam o verbo auxiliar.

Existem dois tipos de perguntas: perguntas de sim/não e questões de informação. Perguntas de sim/não são perguntas que você pode responder com um simples “sim” ou “não”. Algumas vezes, estas são chamadas de “perguntas fim-fechado”. As questões de informação são questões que você deve responder com algo diferente de “sim” ou “não”. Algumas vezes, estas […]

Continuar lendo


“many” vs “much” – “count” vs “non-count”

Alguns substantivos nós podemos contar. Alguns não podemos contar. Esse é um conceito bastante simples. Por exemplo, “cadeiras”. Podemos contar cadeiras. Existem 6 cadeiras ao redor da mesa. Esses substantivos chamamos “countable nouns” ou “count nouns”. Mas “respeito”, você não pode contar o respeito. Você não pode dizer: “I have twenty five respects for John.” […]

Continuar lendo


Nova Categoria – Loucura Inglesa

Como na Terra (How on Earth!) alguém pode aprender este idioma? A ortografia é uma loucura! A pronúncia é insano! Gramática é incompreensível! O vocabulário é maluco! Há regras, mas TODAS têm EXCEÇÕES, às vezes muitas exceções! As postagens na nossa nova categoria, “Loucura Inglesa“, explorarão alguns dos aspectos loucos, insanos, incompreensíveis, malucos da língua […]

Continuar lendo


“Muito”: “very” ou “much” ou “many”

“John has very hats.” Se um falante nativo de inglês ouvesse alguém dizer isso, ele não entenderá. A palavra “very” vai o confundir. Mas esse tipo de erro é bastante comum e vem de um brasileiro traduzindo a palavra “muito”. Olhe, “muito” é tanto um advérbio como um adjetivo. Alguns exemplos: adjetivo: “Ele tem muitos […]

Continuar lendo


As 5 etapas mais importantes para efetivamente aprender inglês

Aqui estão as 5 etapas mais importantes para efetivamente aprender inglês (sem uma ordem específica). Obtenha um parceiro de conversação. Obtenha um parceiro de conversação. Obtenha um parceiro de conversação. Obtenha um parceiro de conversação. OBTENHA UM PARCEIRO DE CONVERSAÇÃO !!!!! Não, o acima não é um erro tipográfico. E aqui estão os 5 motivos […]

Continuar lendo